UEPG – QUESTÕES DE GEOGRAFIA - INVERNO 2017

 PROVA CONHECIMENTOS GERAIS

36– Sobres aspectos relativos à Segunda Guerra Mundial, assinale o que for correto.
01) A URSS, que desde o início desta guerra lutou ao lado dos Aliados, foi o primeiro país a chegar a Berlim no Bunker de Adolf Hitler, que cometeu suicídio. Esse fato precipitou o tratado de rendição da Alemanha Nazista.
02) Dentre alguns líderes que lutaram do lado Aliado nesse conflito e venceram a guerra, destacam-se Winston Churchill, do Reino Unido, Franklin D. Roosevelt, dos EUA, e Joseph Stalin, da URSS.
04) Um dos fatores que contribuíram para o início dessa guerra foi o Tratado de Versalhes que, de certa forma, estimulou um revanchismo da Alemanha, país que perdera a Primeira Grande Guerra.
08) A Alemanha, de Adolf Hitler, declara guerra à França e ao Reino Unido em 1939. Após este fato, Hitler invade a então Tchecoslováquia e a Polônia a fim de conseguir aço e matéria-prima para aprimorar sua máquina de guerra.

37– Sobre os setores da economia, assinale o que for correto.
01) A indústria é uma atividade ligada ao segundo setor da economia, ou seja, ao setor de transformação. Esse setor também conta com o artesanato e a construção civil.
02) Em países desenvolvidos, como os EUA por exemplo, a maior parte dos empregos encontram-se no setor terciário da economia, notadamente na prestação de serviços e no comércio.
04) No Brasil, o setor que mais contribui para o PIB é o primário devido à atividade agropecuária, principalmente a produção de grãos e carne de frango e bovina.
08) O turismo, por trabalhar diretamente com a natureza, faz parte do setor primário da economia, aquele que demanda menos escolarização.

38– Sobre os fatores climáticos, assinale o que for correto.
01) Nas mais altas latitudes (polos) e nas mais altas altitudes (topos de montanhas), a Terra possui climas frios.
02) Quanto maior a continentalidade de uma região, maior sua amplitude térmica. Quanto maior a maritimidade de uma região, menor a amplitude térmica.
04) Os oceanos podem influenciar o clima com as correntes marinhas. Correntes quentes são superficiais e ajudam, por exemplo, a aquecer algumas áreas do planeta como faz a Corrente do Golfo no Atlântico Norte, levando calor para a Europa.
08) As massas de ar têm origens em diferentes latitudes do planeta. Como exemplo, algumas dessas massas de ar surgem próximas à linha do Equador, além de regiões intertropicais, dentre outras.

39– Sobre a globalização da economia no século XX, assinale o que for correto.
01) A presença de um estado sólido e investidor e leis rígidas protegendo os trabalhadores são características fundamentais da globalização moderna.
02) A queda do muro de Berlim precipitou a entrada de ex-economias socialistas ao modelo neoliberal da globalização, caso de Cuba.
04) Friedrich A. Hayek e Francis Fukuyama são dois teóricos que defendem o modelo do assim chamado neoliberalismo, uma das bases da globalização econômica da segunda metade do século XX.
08) A queda de barreiras alfandegárias entre os países está entre as principais premissas do modelo da globalização.

40– Sobre o município de Ponta Grossa, assinale o que for correto.
01) Uma das importantes captações para abastecimento de água do município é a represa de Alagados, localizada a nordeste do centro da sede municipal, próximo ao Parque Nacional dos Campos Gerais.
02) O Parque Estadual de Vila Velha, formado por arenitos, está localizado a sudeste do centro de Ponta Grossa e pode ser acessado pela BR-376.
04) As terras mais a leste do município de Ponta Grossa estão localizadas no Primeiro Planalto Paranaense.
08) O bairro de Nova Rússia está localizado mais ao sul do município na saída para a capital do estado do Paraná, Curitiba.

41– Sobre o estado do Paraná, no que tange à localização geográfica e seus municípios, assinale o que for correto.
01) Foz do Iguaçu e Marechal Cândido Rondon são municípios localizados a oeste no estado do Paraná. Foz do Iguaçu possui um dos principais parques com Mata Atlântica do Brasil, o Parque Nacional do Iguaçu.
02) A noroeste, o estado do Paraná faz fronteira com o estado de Mato Grosso do Sul. Ao norte, o Paraná limita-se com o estado de São Paulo.
04) Ponta Grossa está localizada na mesorregião Centro-oriental Paranaense, compartilhando esta região com o município de Castro, Carambeí, Palmeira, Curitiba e Campo Largo.
08) O estado do Paraná possui fronteira com dois países: Paraguai, mais a oeste, e Argentina, a sudoeste.

42– Sobre a região Centro-Oeste do Brasil, assinale o que for correto.
01) A maior parte da vegetação dessa região é composta pelo cerrado, também conhecido como savana. Todos os estados do Centro-Oeste do Brasil possuem cerrado que é um dos biomas que sofrem mais pressão por atividades humanas no país.
02) O estado do Mato Grosso possui a maior área na região, além de ser o mais povoado, ou seja, aquele que tem a maior população a cada quilômetro quadrado.
04) Tocantins é o estado mais recente criado no Brasil a partir do desmembramento da região norte de Goiás, formando o quarto estado do Centro-Oeste brasileiro.
08) Brasília, no Distrito Federal, possui uma estação mais seca no seu inverno e outra com mais chuvas no verão.
 PROVA CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

31– Sobre a tectônica de placas da Terra, assinale o que for correto.
01) A subducção ocorre em áreas de convergência de placas tectônicas onde uma delas mergulha embaixo da outra, podendo causar sismos.
02) O Brasil está localizado em área mais centrada na placa sul-americana. Esta placa tem um deslocamento à oeste onde encontra-se em maior extensão neste lado com a placa de Nazca.
04) O anel de fogo do Pacífico localiza-se, basicamente, em áreas entre placas tectônicas. É a área do planeta com a maior incidência de terremotos.
08) O vulcanismo pode ser gerado em áreas divergentes das placas tectônicas. O vulcanismo também é um fator endógeno de formação do relevo.
16) O limite de placas tectônicas transformante ocorre quando as placas deslizam lateralmente. Um bom exemplo disso ocorre na falha de San Andreas, no estado da Califórnia, nos EUA.

32– Sobre o período da Guerra Fria, assinale o que for correto.
01) A Doutrina Truman, criada pelo presidente estadunidense Harry Truman, previa que os EUA deveriam intervir perante ameaças comunistas no mundo, com apoio financeiro e militar.
02) Alemanha Oriental, Tchecoslováquia, Hungria e Polônia foram alguns dos países socialistas que estavam localizados à leste da chamada "Cortina de Ferro".
04) Construído por comando soviético, o Muro de Berlim, que dividia a capital alemã em duas áreas (a ocidental capitalista e a oriental socialista), tinha o propósito de evitar a migração e o contato dos socialistas com a área capitalista da cidade.
08) A corrida armamentista foi uma característica importante deste período. Vários países tornaram-se potências nucleares, como China, França, Reino Unido, Alemanha e Japão, cada país defendendo seu alinhamento político-econômico.
16) A contracultura foi um movimento iniciado no período de Guerra Fria, caracterizado por um descontentamento dos jovens ocidentais de países mais desenvolvidos em busca de mais participação na política e nos movimentos civis. Esse movimento se espalhou, influenciando jovens de vários lugares da Terra.

33– Sobre aspectos naturais e humanos presentes no continente africano, assinale o que for correto.
01) A África possui duas áreas desérticas distintas. Ao norte, o Saara, cortado pelo Trópico de Câncer e ao sul, o Kalahari, cortado pelo Trópico de Capricórnio.
02) A área mais ao norte do continente africano possui diversos países com maioria islâmica. Dentre eles encontram-se Argélia, Marrocos, Egito e Tunísia, entre outros.
04) A maior parte da população africana é composta por não religiosos. Isso decorre do fato de, em países mais pobres e subdesenvolvidos, a fé não possuir importância, diferentemente de países superdesenvolvidos, onde a religião e a fé são cruciais para explicar seu desenvolvimento.
08) Alguns países africanos são formados por ilhas. Dentre eles, Madagascar, que fica na costa leste do continente. Já São Tomé e Príncipe e Cabo Verde ficam do lado da costa oeste da África.
16) Na região central do continente africano, cortada pela linha do Equador, encontra-se a floresta do Congo, uma área de vegetação latifoliada úmida.

34– Sobre o cristianismo, assinale o que for correto.
01) O ramo do catolicismo, apesar de perder número de adeptos na América Latina nas últimas décadas, ainda é a religião mais seguida na região.
02) Atualmente, muitos países do Oriente Médio, na Ásia, possuem maioria da população das diversas denominações cristãs.
04) Pela primeira vez na história, um papa eleito é nascido na América Latina. O argentino, de origem jesuíta, Jorge Mario Bergoglio, adotou o nome de Francisco.
08) O cristianismo copta é um ramo surgido no Egito, onde ainda hoje possui muitos adeptos.
16) O luteranismo que surgiu na Alemanha, a partir de Martinho Lutero, faz parte do ramo protestante do cristianismo.

35– Sobre a industrialização na Europa, assinale o que for correto.
01) A Primeira Revolução Industrial ocorreu na Inglaterra em meados do século XVIII. Porém, atualmente, a Inglaterra não possui a maior economia da Europa.
02) Algumas das marcas mais famosas de automóveis do mundo têm origem na França, caso da Renault, Peugeot e Citroën.
04) A Alemanha tem grande destaque na indústria mundial e é a maior economia europeia atual. Entre algumas indústrias com sede neste país, estão a Bayer, na área química; a Adidas, na área de artigos esportivos; a Siemens, com produtos variados.
08) Milão, Turim e Gênova formam um importante triângulo industrial no norte da Itália. A fábrica automotiva da Fiat tem origem na cidade de Turim.
16) Os países nórdicos, apesar de garantirem boa qualidade de vida para seus cidadãos, não são sede de grandes marcas multinacionais em sua indústria. Todos eles possuem, exclusivamente, indústrias de médio porte.

36– Sobre as energias renováveis no mundo, assinale o que for correto.
01) Apesar de condições geográficas menos favoráveis que em vários países do mundo, a maior capacidade instalada de energia solar está na Alemanha.
02) A energia eólica já é utilizada há milhares de anos para moer grãos e bombear água e mais recentemente para gerar energia elétrica.
04) A energia geotérmica é aquela proveniente pelo calor natural do interior da Terra. O país nórdico Islândia, apesar de seu pequeno território e população de cerca de 300 mil habitantes (equivalente à da cidade de Ponta Grossa) está entre os dez maiores produtores mundiais desse tipo de energia.
08) Não existe nenhuma forma de energia renovável que pode ser gerada a partir dos mares.
16) O carvão mineral, formado a partir de antigas florestas soterradas, é uma das fontes mais baratas de energia renovável no mundo.

37– Sobre grandes áreas urbanas do Brasil e do mundo, assinale o que for certo.
01) Boswash é uma megalópole do nordeste dos EUA, entre as cidades de Boston e Washington.
02) Na região metropolitana da cidade de São Paulo, no Brasil, existe o chamado ABCD, sigla originada que representa as cidades de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema.
04) Não existem cidades ou áreas metropolitanas no continente da Oceania com mais de 1 milhão de habitantes.
08) Xangai é a cidade mais populosa da China, localizada a leste do país. A cidade apresenta grande problema com poluição atmosférica na área urbana.
16) A região metropolitana de Ponta Grossa reúne atualmente vários municípios dos Campos Gerais que, juntos, possuem mais de 3 milhões de habitantes.

38– Sobre o Conselho de Segurança da ONU, assinale o que for correto.
01) A função principal do conselho é trabalhar na área da segurança alimentar para erradicar a fome no mundo.
02) Somente os membros permanentes do conselho têm direito de veto nas decisões.
04) O conselho possui 10 membros rotativos, eleitos a cada 2 anos.
08) Possui 5 membros permanentes, vencedores na Segunda Guerra Mundial: EUA, Rússia (ex-URSS), Reino Unido, França e China.
16) O conselho reflete o respeito que seus membros efetivos conquistaram no pós-Segunda Guerra. Por esse motivo não existem reinvindicações de outros países para tornarem-se membros permanentes deste órgão da ONU.

39– Sobre a geologia do município de Ponta Grossa, assinale o que for correto.
01) Grandes derrames basálticos ocorreram no Cretáceo, onde hoje fica o município de Ponta Grossa. A decomposição da rocha basáltica compôs um solo extremamente fértil na região.
02) Ponta Grossa possui a formação de folhelho, tipo de rocha onde pode-se encontrar fósseis no município.
04) No município, é possível encontrar soleiras de diabásio, que é um tipo de rocha ígnea.
08) Rochas sedimentares e rochas metamórficas não são encontradas dentro do território de Ponta Grossa.
16) O município possui importante formação do arenito Furnas, gerado por deposição siluro-devoniana.

40– Sobre parques nacionais ou estaduais presentes no estado do Paraná, assinale o que for correto.
01) O Parque Estadual de Vila Velha possui vegetação de mata tropical associada a rochas ígneas da formação Vila Velha.
02) O Parque Nacional do Iguaçu fica no oeste do estado e possui importante área do bioma de mata Atlântica.
04) No município de Jaguariaíva, está localizado o Parque Estadual do Cerrado, que possui um dos últimos remanescentes dessa vegetação no Paraná.
08) As ilhas litorâneas paranaenses, apesar de apresentarem bom grau de preservação, não possuem áreas de parques estaduais ou nacionais.
16) O Parque Estadual do Guartelá, que possui o maior canyon do Paraná, formado pelo rio Tibagi, está localizado no município de Castro.

41– Sobre problemas ambientais na região dos Campos Gerais, no Paraná, assinale o que for correto.
01) Ponta Grossa possui problemas relacionados ao seu aterro sanitário, localizado a leste da sede municipal, área de recarga do Aquífero Furnas.
02) Em geral, Ponta Grossa possui uma rede com centenas de quilômetros de arroios na área urbana, dos quais a maioria com alto grau de despoluição.
04) Curitiba, onde nasce o rio Iguaçu, possui muitas indústrias que poluem as nascentes desse rio.
08) Telêmaco Borba apresenta problemas relacionados a odores emitidos pela produção de papel e celulose no município.
16) Carambeí, por ser uma cidade rural, não possui problemas com poluição nos arroios ou rios em sua área municipal.

42– Sobre a região sudeste do Brasil, assinale o que for correto.
01) A região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, possui o quinto parque industrial do país, perdendo apenas para as regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba.
02) Os Jogos Olímpicos de 2016 foram realizados na cidade do Rio de Janeiro, no estado homônimo. Os investimentos feitos nas obras de infraestrutura, segurança, meio ambiente foram muito eficientes, provando que o brasileiro é um povo organizado. Mas o melhor foi o investimento na formação dos atletas, visto que o Brasil saiu como uma potência olímpica, ficando entre os cinco melhores no quadro final de medalhas.
04) Goiás, com sua capital economicamente dinâmica, Goiânia, é um dos maiores produtores de gado e soja na região.
08) São Paulo, o estado mais rico da região e do país, possui o maior parque industrial nacional.
16) Espírito Santo é o estado mais a leste e o que possui o menor PIB desta região.

43– Sobre os territórios conhecidos como "tigres asiáticos", assinale o que for correto.
01) Os tigres asiáticos voltam sua produção para o mercado interno e, praticamente, não exportam sua produção industrial.
02) A atração de capital estrangeiro e mão de obra barata, estão entre algumas características que tornaram a economia dos tigres asiáticos mais agressiva.
04) O Japão é um dos maiores produtores de tecnologia dentre os países chamados tigres asiáticos.
08) Hong Kong, um dos tigres asiáticos, possui uma excelente qualidade do ar, com modelo industrial altamente sustentável do ponto de vista ambiental.
16) Cingapura, Hong Kong e Taiwan são exemplos dos chamados tigres asiáticos localizados no sudeste da Ásia.

44– Sobre países localizados na área centro-oriental da Europa, assinale o que for correto.
01) A área centro-oriental da Europa abrigou, durante a Guerra Fria, países socialistas da chamada "Cortina de Ferro".
02) Sérvia e Hungria, países presentes nessa área geográfica, recentemente resolveram monitorar com mais intensidade suas fronteiras a fim de evitar a entrada de refugiados em seu território.
04) É a área mais rica no contexto europeu com países bastante desenvolvidos, como Itália e Espanha.
08) As Montanhas Rochosas, os Apalaches e os Apeninos são as mais altas formações do relevo dessa área europeia.
16) Não existem países da área centro-oriental da Europa que fazem parte da União Europeia.

45– Sobre tempestades que ocorrem na Terra, assinale o que for correto.
01) Tornados, também conhecidos como tufões, são fenômenos meteorológicos que surgem nos mares e deslocam-se para a terra em nuvens em formato de funil.
02) Nas planícies centrais dos EUA, existe uma área propícia à formação de tornados. No Brasil, os tornados são raros e ocorrem somente no sudeste e no sul do país.
04) Furacões são fenômenos que surgem com muita umidade em oceanos e mares em águas aquecidas a mais de 27 ºC.
08) Em 2004, surge o furacão Catarina, atingindo o Brasil, sendo o primeiro registrado no país e o único surgido no Atlântico Sul.

16) As tempestades de granizo são formadas a partir de nuvens do tipo cirros, geradas em altitudes mais altas e compostas de cristais de gelo, sem a interferência de outros tipos de nuvens em sua formação.

Mundo vive sexta extinção em massa - e é pior do que parece


Estudo alerta que planeta atravessa uma aniquilação biológica de suas espécies animais, o que lança perspectiva sombria sobre o futuro da vida, inclusive humana. Um terço das espécies vive declínio populacional.

O mundo está passando por uma "aniquilação biológica" de suas espécies animais, num fenômeno que já pode ser considerado uma sexta extinção em massa e que é mais grave do que parece, aponta um estudo divulgado nesta segunda-feira (10/07/2017).
Segundo o estudo publicado na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS),  há uma tendência de investidas cada vez maiores contra a biodiversidade do planeta, resultando numa perspectiva "sombria sobre o futuro da vida, inclusive humana". O motivo, diz o estudo: "problemas ambientais globais causados pelo homem".
 
Seca no Paraguai: pesquisadores observaram que as populações de vertebrados sofreram grandes perdas
"Nas últimas décadas, a perda de habitat, a superexploração de recursos, os organismos invasivos, a poluição, o uso de toxinas e, mais recentemente, as mudanças climáticas, bem como as interações entre esses fatores, levaram ao declínio catastrófico nos números e nos tamanhos das populações de espécies de vertebrados tanto comuns como raros", afirmam os pesquisadores.
Para a pesquisa, uma das mais completas já feitas sobre o tema, cientistas da Universidade de Stanford e da Universidade Nacional Autônoma do México utilizaram uma mostra de 27,6 mil vertebrados terrestres e uma análise detalhada de 177 espécies de mamíferos que sofreram declínio populacional entre 1900 e 2015.
Diversas espécies de lêmures estão ameaçadas de extinção
Os pesquisadores observaram que as populações de vertebrados sofreram grandes perdas, inclusive entre as espécies que despertam pouca preocupação. Cerca de um terço (8.851) das espécies analisadas – o que representa quase metade das espécies de vertebrados conhecidas – apresentou declínio populacional e diminuição em termos de distribuição geográfica, mesmo aquelas que atualmente não são consideradas como sob risco de extinção. 
Já entre os 177 mamíferos estudados, todos perderam 30% ou mais em distribuição geográfica, com mais de 40% registrando um declínio populacional severo, com encolhimento superior a 80%.
"Diversas espécies de mamíferos que estavam relativamente seguras há uma ou duas décadas estão agora em perigo", dizem os pesquisadores. Como exemplos de quedas representativas na população, eles citaram guepardos, orangotangos, leões, pangolins e girafas.
Nos 500 milhões de anos de existência da Terra, houve cinco "extinções em massa" que levaram ao desaparecimento de 75% das espécies. O último episódio aconteceu cerca de 66 milhões de anos atrás, quando 76% de todas as espécies foram perdidas, incluindo os dinossauros, devido à atividade vulcânica, alterações climáticas e impacto de asteroides.
Os cientistas ressaltaram ainda que o foco na extinção de espécies leva a "uma falsa impressão de que o habitat da Terra não está ameaçado, e sim apenas lentamente entrando em um episódio de grande perda de biodiversidade".
"Essa visão negligencia as tendências atuais de declínios e extinções da população", afirma o estudo. "A aniquilação biológica resultante obviamente terá graves consequências ecológicas, econômicas e sociais".
"A humanidade acabará por pagar um preço muito alto pela diminuição do único conjunto de vida que conhecemos no universo", alertam os cientistas.

Fonte:http://www.dw.com/pt-br/mundo-vive-sexta-extin%C3%A7%C3%A3o-em-massa-e-%C3%A9-pior-do-que-parece/a-39636274

IP/dpa/efe/ots

Brasil tem 2 dos 14 gargalos que ameaçam abastecimento global de alimentos

Há apenas 14 gargalos no comércio mundial de alimentos, mas eles são fundamentais para a segurança alimentar de toda a população do planeta.



São portos e pontos de comercialização fundamentais para a compra, a venda e a distribuição de alimentos, de acordo com um recente relatório da Chatham House, centro de estudos com base no Reino Unido.

Três deles estão na América Latina: o canal do Panamá, as rodovias do interior brasileiro e os portos do sul e sudeste do Brasil.
Outros desses pontos de gargalo incluem o estreito de Gibraltar, as ferrovias do interior dos Estados Unidos, o estreito de Hormuz (no Oriente Médio) e o estreito de Dover, no norte da Europa, por exemplo.
Mas as mudanças climáticas, a estrutura deficiente e as potenciais crises poderiam colocar em risco essas rotas de comércio.
"Há pontos de gargalo marítimos (estreitos e canais), costeiros (portos) e terrrestes (estradas, ferrovias e hidrovias), e o comércio global de alimentos depende fortemente deles", afirma o estudo.
"Interrupções em um ou mais desses pontos poderiam ter enormes impactos. Os preços globais dos alimentos, o abastecimento de mercados locais, a sobrevivência de comerciantes e agricultores e a provisão de comida para as comunidades mais vulneráveis dependem do movimento contínuo de bens através de fronteiras e oceanos."
 
Fonte da Imagen: BBC Brasil
Sobre o Brasil, que é um dos maiores produtores mundiais de alimentos, o relatório lembra que "fortes chuvas tornam intransitáveis as rodovias mal conservadas em diversas ocasiões, impedindo o transporte de comida das fazendas no interior do país aos portos litorâneos".
"Um cenário extremo - em que portos na costa americana fossem fechados por conta de um furacão ao mesmo tempo em que estradas-chave do Brasil fossem inundadas pelas chuvas - poderia reduzir pela metade o suprimento global de soja", prossegue o estudo.
Os pesquisadores citam também os impactos políticos que crises relacionadas à distribuição de alimentos podem causar.
"Interrupções (de fornecimento alimentar) podem estimular a instabilidade política. Governos dependem do funcionamento desses pontos de gargalo para garantir o suprimento eficiente de comida para suas populações. Uma colheita fraca de trigo na região do mar Negro, por exemplo, contribuiu para a ocorrência de protestos no norte da África entre 2010 e 2011; esses protestos evoluíram para a Primavera Árabe."

Proteção

A Chatham House também advertiu que é preciso agir para proteger as principais rotas de transporte de alimentos, tais como o canal do Panamá, o canal de Suez e do estreito da Turquia.
Quase 25% dos alimentos do mundo são comercializados nos mercados internacionais. Isso, diz o relatório, faz com que a oferta de produtos e seus preços sejam vulneráveis a crises imprevistas ou mudanças climáticas.
A infraestrutura nesses pontos é, em muitos casos, antiga e enfrentaria dificuldades para fazer frente a desastres naturais que devem se multiplicar à medida que o planeta se aquece, diz o relatório.
Seus autores também aconselham os governos a investir em infraestrutura "resistente ao tempo" e a diversificar a produção e o armazenamento de alimentos.
O canal de Suez é uma das principais rotas de comércio de alimentos, especialmente para os grãos que chegam aos países do Golfo

Interdependência

O relatório dá exemplos de quão dependente é o mundo dessas negociações internacionais:
  • ·         Três quartos das importações de milho e trigo do Japão passam pelo canal do Panamá;
  • ·         Pouco mais de um terço das importações de cereais para o Oriente Médio e o Norte da África passam por estreitos turcos, sem rota marítima alternativa disponível;
  • ·         Mais de 25% de exportação de soja circula pelo estreito de Malaca, entre a Malásia e a Indonésia;
  • ·         Estradas do Brasil, maior exportador de soja do mundo, estão sob risco de inundações e deslizamentos de terra em caso de fortes chuvas;
  • ·         Os portos dos EUA na costa do golfo da Califórnia enfrentam tempestades impulsionadas pelo aumento das mares;

Os países do Conselho de Cooperação do Golfo dependem de grãos da região do mar Negro que são transportados por pontos comercialização de ferrovias e portos russos e ucranianos do estreito da Turquia e do canal de Suez.
"Os riscos crescem à medida que fazemos mais interações comerciais entre os países e aumenta a presença de alterações climáticas", diz Laura Wellesley, uma das autoras do estudo.
"Existem riscos tanto para a segurança alimentar dos países importadores como para as economias exportadoras de alimentos."


Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/internacional-40439147