Holanda faz festa para coroação do rei

Willem-Alexander, 46, herdará o trono após a abdicação de sua mãe, a rainha Beatrix, 75, a ser oficializada hoje
Argentina Maxima será nova rainha, e garota de 9 anos vira herdeira do trono; republicanos preparam manifestação
Com festa nas ruas e nos canais de Amsterdã, a Holanda se veste de laranja hoje para celebrar a coroação de Willem-Alexander, 46.
Ele será o rei mais jovem da Europa e o primeiro homem a chefiar a monarquia de seu país desde a morte do trisavô Willem 2º, em 1890.
A sucessão foi antecipada pela abdicação de sua mãe, a rainha Beatrix, 75. Ela reinou durante 33 anos e anunciou em janeiro que passaria o trono ao filho mais velho.
O gesto seguiu a tradição da casa de Orange-Nassau. As rainhas Juliana, avó do novo rei, e Guilhermina, bisavó, também abdicaram.
Desta vez, a transição foi marcada para o Dia da Rainha, feriado em que os holandeses fazem uma espécie de carnaval em Amsterdã.
A cor laranja, símbolo da monarquia, já dominava ontem todas as vitrines e adereços usados por locais e turistas. Os hotéis estão lotados e a população da cidade, de 800 mil pessoas, deve dobrar com a chegada de visitantes.
A festa dos súditos vai se misturar ao roteiro de celebrações oficiais. Durante todo o dia, estão programados shows e concertos nas principais praças da capital.
Às 10h locais (5h30 de Brasília), a rainha Beatrix vai assinar o termo de abdicação no palácio real. Meia hora depois, ela e o filho vão à sacada para saudar 20 mil súditos e fazer breves discursos.
A coroação será às 14h, numa cerimônia fechada na Nieuwe Kerk (Nova Igreja).
Foram convidados representantes de outras 17 monarquias, incluindo o príncipe Charles, 64, que tem 18 anos a mais que Willem-Alexander. A mãe dele, a rainha Elizabeth 2ª, acaba de fazer 87 anos e não dá sinais de que seguirá o exemplo de Beatrix. 
Novo rei da Holanda cumprimenta súditos ao lado da mulher Máxima e das filhas Catharina-Amalia, Ariane (centro) e Alexia
À tarde, o novo rei e a nova rainha, a argentina Máxima Zorreguieta, 41, passearão num barco aberto por canais de Amsterdã. Mais tarde, eles oferecerão um jantar de gala para convidados.
A partir de agora, o primeiro lugar na linha sucessória será da filha mais velha do casal, Catharina-Amalia, 9. Se o novo rei morrer ou abdicar antes de ela completar 18 anos, suas funções serão assumidas por um regente.
Ontem, a rainha Beatrix fez um último discurso na TV, no qual agradeceu o apoio e o carinho dos súditos.
REPUBLICANOS
Num continente onde vários países trocaram monarquias por repúblicas, a Holanda fez o caminho inverso. O rei Willem 1º foi coroado em 1815, depois que as tropas napoleônicas foram expulsas do país. Antes da invasão, a Holanda foi uma república entre os séculos 16 e 18.
O regime atual é aprovado por 78% dos holandeses. Militantes republicanos prometem fazer protestos. Eles conclamaram os simpatizantes da causa a boicotar o laranja e sair às ruas de branco. 

Fonte: Folha de S. Paulo. Mundo 30.04.2013



Nenhum comentário:

Postar um comentário